Inglês

country. It has never been owned, funded or backed by any government.” Attorney Lin Wood, who filed a lawsuit alleging election irregularities in Georgia, wrote that Smartmatic’s statement that it has no ties with Dominion is a “LIE,” adding that a fact-checking website that contained the companies’ statements are “paid to publish propaganda.” Also in the news conference, former New York City Mayor Rudy Giuliani noted there were affidavits filed in battleground states that allegedly pointed to a centrally run voter fraud scheme to overturn the election in favor of Democratic challenger Joe Biden. “In the city of Atlanta, Republicans were not allowed to watch the absentee mail-in ballot process. Inspections completely cast aside. And we have numerous double voters, we have numerous out-of-state voters, and we have specific evidence of intimidation and changes of vote. That will all be in the lawsuit that comes out tomorrow,” Giuliani said. A number of secretaries in states in Arizona, Pennsylvania, Georgia, Michigan, and elsewhere have said they have seen no evidence of voter fraud that would overturn the election results. Earlier this week, the Department of Homeland Security’s (DHS) Cybersecurity and Infrastructure Security Agency (CISA) said the Nov. 3 election was the “most secure” in history. The head of the Federal Elections Commission, Trey Trainor, cast doubt on many of the officials’ claims that there was no fraud, saying he believes “there was fraud” in key states. President Trump fired Christopher Krebs, the former head of CISA, several days ago after the election security statement. Krebs, on Wednesday, attempted to qualify his remarks in saying that “I never claimed there wasn’t fraud in the election, [because] that’s not CISA’s job—it’s a law enforcement matter.” “We did provide info on measures election officials use to prevent and detect dead voters, tho [sic],” he wrote.

Português

país. Nunca foi propriedade, financiado ou apoiado por qualquer governo. ” O advogado Lin Wood, que entrou com uma ação alegando irregularidades eleitorais na Geórgia, escreveu que a declaração da Smartmatic de que não tem vínculos com a Dominion é uma “MENTIRA”, acrescentando que um site de checagem de fatos que continha declarações das empresas é “pago para publicar propaganda . ” Também na entrevista coletiva, o ex-prefeito da cidade de Nova York Rudy Giuliani observou que havia depoimentos apresentados em estados de batalha que supostamente apontavam para um esquema de fraude eleitoral dirigido centralmente para derrubar a eleição em favor do desafiante democrata Joe Biden. “Na cidade de Atlanta, os republicanos não tinham permissão para assistir ao processo de votação de ausentes pelo correio. As inspeções são completamente postas de lado. E temos numerosos eleitores duplos, numerosos eleitores de fora do estado e temos evidências específicas de intimidação e mudanças de voto. Isso tudo estará no processo que sai amanhã ”, disse Giuliani. Vários secretários de estados no Arizona, Pensilvânia, Geórgia, Michigan e em outros lugares disseram não ter visto nenhuma evidência de fraude eleitoral que pudesse anular os resultados das eleições. No início desta semana, a Agência de Segurança Cibernética e de Infraestrutura (CISA) do Departamento de Segurança Interna (DHS) disse que a eleição de 3 de novembro foi a "mais segura" da história.O chefe da Comissão Eleitoral Federal, Trey Trainor, lançou dúvidas sobre muitas das alegações dos funcionários de que não houve fraude, dizendo que acredita que "houve fraude" em estados-chave. O presidente Trump demitiu Christopher Krebs, o ex-chefe da CISA, vários dias atrás, após a declaração de segurança eleitoral. Krebs, na quarta-feira, tentou qualificar seus comentários dizendo que "Eu nunca aleguei que não havia fraude na eleição, [porque] esse não é o trabalho da CISA - é um assunto de aplicação da lei." “Fornecemos informações sobre as medidas que os funcionários eleitorais usam para prevenir e detectar eleitores mortos, tho [sic]”, escreveu ele.

Termos de Utilização

Todas as traduções feitas são armazenadas no banco de dados. Os dados salvos são publicados no site de forma aberta e anônima. Por este motivo, lembramos que suas informações e dados pessoais não devem ser incluídos nas traduções que você fará. O conteúdo criado a partir de traduções de usuários pode incluir gírias, blasfêmias, sexualidade e elementos semelhantes. Recomendamos não usar nosso site em situações desconfortáveis, pois as traduções criadas podem não ser adequadas para pessoas de todas as idades e locais de interesse. Se, no contexto da tradução dos nossos usuários, houver insultos à personalidade e / ou aos direitos autorais, etc. você pode nos contatar por e-mail, →"Contato"


Política de Privacidade

Terceiros, incluindo o Google, usam cookies para veicular anúncios com base em visitas anteriores do usuário ao seu website ou a outros websites. Com o uso de cookies de publicidade, o Google e os parceiros dele podem veicular anúncios para os usuários com base nas visitas feitas aos seus sites e/ou a outros sites na Internet. Os usuários podem desativar a publicidade personalizada acessando as Configurações de anúncios. Como alternativa, você pode orientar os usuários a acessar o site www.aboutads.info para desativar o uso de cookies de publicidade personalizada de terceiros.